Qual a verdadeira história a feijoada?

“A feijoada não foi criada em um único momento, ela é uma deliciosa e incrível adaptação de vários povos. São mãos que, independente do motivo, moldaram com o tempo esta incrível obra de arte! “

A história é retratada de várias maneiras, pois não se sabe ao certo. Uma delas, a que provavelmente você já ouviu, foi que nos tempos coloniais a feijoada teria sido criada por escravos, que aproveitavam as sobras de comida da casa-grande, que incluíam as partes descartadas do porco.

Esse é um pensamento que parece não ser verdadeiro, pois naquele tempo, as partes do animal como cabeça, pés, orelha e rabo, eram disputados como iguaria, até porque a carne não era comum na mesa dos senhores, logo, não sobrava nada.

Na Europa daquela época, surgiram outros pratos com vários tipos de carnes, porém com feijão branco. Em Portugal, por exemplo, existia o cozido português.

Hoje, diversos países possuem uma variação de receitas em que todos os ingredientes são cozidos em uma mesma panela.

Aqui no Brasil, os acompanhamentos servidos como arroz branco, torresmo, farofa, couve refogada e laranja, só foram incorporados muito mais tarde, provavelmente no século 19.

Peça agora no whatsapp
Social Proof